O costume brasileiro de desprezar os alertas técnicos que indicam a iminência de tragédias gera prejuízos e consequências incalculáveis.

“Acompanhando o que já foi veiculado na imprensa sobre a tragédia em Brumadinho envolvendo o setor minerário, é oportuno estabelecermos uma correlação entre o que aconteceu no Conselho Estadual de Política Ambiental (Copam), antes do rompimento do complexo de barragens no Córrego do Feijão, com reflexões acerca das experiências no Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral Paranaense, o Colit.”
Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/artigos/o-desrespeito-a-ciencia-no-brasil-e-as-violentas-tragedias-ambientais-cvgqyn5yovm63vcup4fpxe3sv/
Copyright © 2019, Gazeta do Povo. Todos os direitos reservados.

Leia mais em: https://www.gazetadopovo.com.br/opiniao/artigos/o-desrespeito-a-ciencia-no-brasil-e-as-violentas-tragedias-ambientais-cvgqyn5yovm63vcup4fpxe3sv/

Leave a comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *